Kazuco Akamine lança "Kaná: da terra do sol nascente para a terra dos frutos de ouro" em Curitiba

Divulgação
Na próxima terça-feira, 02, acontecerá o lançamento da obra: "Kaná da terra do sol nascente para a terra dos frutos de ouro" na Livraria Cultura do Shopping Curitiba - PR. O evento é aberto ao público e terá início às 19h.
Era o final da primeira quinzena de agosto do 12º ano da era Showa, o equivalente ao ano de 1937 pelo calendário cristão. O navio Naha Maru partia do porto de Naha, incrustado a sudoeste da ilha de Okinawa, a maior do arquipélago de Riyu-Kiyu, ao sul do Japão, no Oceano Pacífico. Assim, inicia-se a história relatada no livro
Kaná: da terra do sol nascente para a terra dos frutos de ouro, publicado pela Literare Books International.
Detalhista, a autora Kazuco Akamine conta a história de diferentes imigrantes japoneses que decidiram entrar em um navio acreditando na possibilidade de emprego nas fazendas cafeeiras e em dias melhores. Vieram em busca das terras com infinitas espécies de frutas, muitas desconhecidas por eles, e da prosperidade relatada por parentes que embarcaram anteriormente, na mesma aventura. Mas, a história não era tão simples e alegre como parecia.
Muitas vezes, esquece-se o quanto os imigrantes sofreram nas mãos dos donos de terra do Brasil. As condições de trabalho não eram boas e o choque entre culturas era grande, principalmente em relação à alimentação. Além disso, para conseguir chegar ao país, precisavam enfrentar uma longa viagem de navio – nesta parte da narrativa, é possível conhecer as histórias de outros personagens e suas motivações para vir à América.
A descrição não economiza palavras ao explicar o sofrimento dos imigrantes, mas transborda a resiliência do povo japonês. Ao longo das páginas, o leitor terá contato com algumas lendas de Okinawa,  contextualização  histórica  e  uma visão da vida e tradição japonesa contada por eles.
O livro também ilustra qual era o papel da mulher na sociedade naquela época, sendo a sua principal função a de progenitora. Kaná é a protagonista da obra, e vem ao Brasil na esperança das boas águas do país que poderiam ajudá-la a engravidar e se aventura com o marido nessa nova missão. Ao chegar ao
país, eles encontram uma realidade muito diferente das cartas otimistas enviadas pelos parentes para Okinawa.
Serviço
Lançamento Kaná da terra do sol nascente para a terra dos frutos na Livraria Cultura - Shopping Curitiba
Data:02/07
Horário:19h às 21h30min.
Endereço: Rua Brigadeiro Franco, 2300 - Piso 3 - Loja 306 - Centro, Curitiba - PR
Sobre a autora Kazuco Akamine
É empresária, foi estilista no setor de Alta Costura e se sente abençoada por ter tido uma profissão tão glamorosa, com a qual pode beneficiar muitas entidades, com o resultado de seus desfiles.
Como empresária, recebeu o título Semeadores do Paraná e prêmio literário com o conto “Polvo com olhos de gato”. Escreveu e lançou o livro de poemas “Laçando a lua”, com renda totalmente revertida para o Hospital Erasto Gaertner, especializado no tratamento do câncer.
Considera seu grande privilégio ter sido educada no colégio japonês Hana Yome Gaakô, com ensino embasado na filosofia Seicho-No-Ie.
Palestrante durante décadas, foi ainda a fundadora de diversas entidades de classe empresariais e filantrópicas, como o Conselho da Mulher Executiva da Associação Comercial do Paraná, Associação das Mulheres de Negócios (BPW), Associação Comercial e Industrial de Campina Grande do Sul e Quatro Barras.
Atuou como Vice-presidente da Sociedade de Assistência aos Lázaros e Defesa Contra a Lepra, hoje Sociedade Eunice Weaver. Fundou o Lions Clube Pico-Paraná, sendo sua primeira presidente. Atuou como diretora de Cultura do Município de Campina Grande do Sul e conselheira Fiscal da Provopar, no Governo Jaime Lerner.
Faz parte do Centro de Letras do Paraná e ocupa a cadeira XV cujo patrono é Olavo Bilac, na Academia Internacional de Cultura sediada em Brasília.
Foi fundadora e é a atual presidente da Associação Kazuco Akamine, focado em crianças da periferia.


Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

São proibidas palavras impróprias ou xingamentos.

Sugestões, dúvidas, elogios e críticas construtivas são sempre bem vindos!

Obrigada pelo comentário!