Comemore o Dia Internacional dos Museus visitando o Museu dos Brinquedos

Foto por Cris Noli

No dia 18 de maiosábado, é comemorado mundialmente o Dia Internacional de Museus. Em 2019, o tema escolhido para a data foi “Os museus como eixos culturais: O futuro das tradições”. A temática destaca que papel dos museus em nossa sociedade está mudando. Cada vez mais interativos, adaptáveis e móveis, os museus têm transformado suas práticas, aproximando-se das comunidades e se convertendo em eixos culturais que combinam criatividade e o conhecimento e onde os visitantes podem criar, compartilhar e interagir.
Alinhado com este novo atuação social dos museus, o Museu dos Brinquedos é um exemplo de espaço diferenciado, que promove a memória, mas também a criatividade, a interação e a criação de novas tradições. “Acreditamos que um dos papeis de instituições como o Museu dos Brinquedos é propor atravessamentos, perguntas e proposições sobre a vida, suscitar ações e alimentar o se re-inventar através do patrimônio, da educação e da cultura”, destaca Tatiana de Azevedo Camargo, diretora Executiva do Museu.
Pautado em um Projeto Pedagógico feito por especialistas e aplicado por educadores, a Ação Educativa do Museu dos Brinquedos busca contribuir com este processo propiciando três principais momentos: exposição, oficina de construção de brinquedos e resgate de brincadeiras.
nova exposição de longa duração “Tempo Será – histórias e memórias do brincar”, apresenta mais de 150 brinquedos que contam a história dos brinquedos e sua relação com a história da sociedade. A exposição tem como objetivo convidar o visitante a olhar tanto para o brinquedo como para o brincar; promover a reflexão tanto sobre a sociedade e como sobre o indivíduo, e nos fazer pensar qual é a essência de um brinquedo, como ele surgiu, para onde sua tecnologia e uso apontam e o que ele fala de cada um de nós e de nossa sociedade.
E ainda se divertir no Pátio de Brincadeiras e na Brinquedoteca. O Pátio de Brincadeiras é o espaço para valorizar a descoberta da potencialidade brincante do nosso próprio corpo, estimular o imaginar, a relação entre gerações e ainda a interatividade e o coletivo. Através do brincar a criança aprende, experimenta o mundo, suas possibilidades, relações sociais, elabora sua autonomia de ação, organiza emoções e ainda desenvolve a linguagem e as habilidades motoras. E o mais importante: a brincadeira é relevante por si só, por ser um ato lúdico, prazeroso em si, divertido e alimentador da alma de uma infância saudável.

Destacando a interatividade e o estímulo à criatividade e a construção de conhecimento através da prática compartilhada, os visitantes poderão participar da Oficina de Construção de Brinquedos Tradicionais, que será realizada às 11, 14 e 15 horas. Na Oficina, a criança se expressa, desenvolve habilidades incitando sua criatividade. O ato de construir brinquedos altera a ordem das coisas, estimula a criança a desejar, imaginar e realizar e transforma seu diálogo com o mundo, posicionando-a de forma ativa. 
Sobre o Museu dos Brinquedos 
O Museu dos Brinquedos abriu suas portas em 2006, com a missão de preservar e difundir o patrimônio cultural lúdico da infância no Brasil. Na Avenida Afonso Pena, em Belo Horizonte, funciona continuamente de segunda à sábado, durante todo o ano. “O Museu estuda, pesquisa, conserva e resgata o patrimônio cultural lúdico da infância, com o objetivo de fortalecer o tempo da infância e do brincar, para que isso seja valorizado pela nossa sociedade, para que isso seja mantido e ressignificado”, explica a diretora Executiva Tatiana de Azevedo Camargo. 
De uma coleção particular de brinquedos da querida Vovó Luiza, surgiu a valorização do ato de brincar. De lá pra cá, o Museu dos Brinquedos vem se transformando e transformando pessoas e consolidando como uma instituição que a cada dia desenvolve e implementa projetos que visam a valorização e o fortalecimento da infância.
Ao longo de mais de uma década, o espaço já recebeu cerca de 95 mil visitantes espontâneos, 170 mil visitantes de escolas, universidades e grupos de terceira idade e promoveu mais de 300 apresentações culturais e mais de 60 ações e projetos itinerantes e de formação.
O acervo do Museu dos Brinquedos conta com itens do início do século XX até os dias atuais. São aproximadamente 5.000 peças, de procedência nacional e internacional, entre outros objetos: bonecas, carrinhos, carrinhos de bebê, móveis, fogões, louças, máquinas de costura, ferros de passar roupa, trenzinhos, autoramas, velocípedes, pelúcias, cavalos de pau, fantoches, robôs, jogos, brinquedos musicais, livros infanto-juvenis, lanternas mágicas. Atualmente, permanecem em exposição aproximadamente 800 exemplares dos mais diversos países. 
Destacando a importância da diversidade de público e da acessibilidade, o Museu dos Brinquedos lançou, no dia 27 de abril, seus novos serviços de legendas em braile, aparelhos de audiodescrição e tradução em libras. Além disso, o espaço conta ainda com um audioguia com o conteúdo da exposição “Tempo Será – histórias e memórias do brincar”, atualmente em cartaz. O Museu dos Brinquedos é também adaptado para pessoas com necessidades especiais de locomoção.

18 de maio – Dia Internacional dos Museus - Programação - Museu dos Brinquedos 
- 10 às 17 horas: Nova exposição de brinquedos “Tempo Será – histórias e memórias do brincar”
- 10 às 17 horas: Pátio de brincadeiras e brinquedoteca
- 11, 14 e 15 horas: Oficina de Construção de Brinquedos Tradicionais

Serviço: Museu dos Brinquedos
Segunda a sexta, das 9 às 17 horas, e aos sábados das 10 às 17 horas
R$ 24 inteira e R$ 12 meia, para permanência no local
☎(31) 3261-3992 / wpp: 99843-0325 / 99953-6020
Endereço: Afonso Pena, 2564 Funcionários, BH/MG

Acompanhe nossas redes sociais no facebook e instagram: @museudosbrinquedos
Veja nosso vídeo institucional: https://youtu.be/j7RJ0eLIQtI

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

São proibidas palavras impróprias ou xingamentos.

Sugestões, dúvidas, elogios e críticas construtivas são sempre bem vindos!

Obrigada pelo comentário!