Finalmente o Capítulo 15!!

Olá pessoas magnific!!Tudo bem?
Está finalmente na hora!! Mais um capítulo de "O Mistério do Seu João"!
Bem,antes,vamos recordar um pouco do que rolou no capítulo 14: 


Sílvio,Marina e Márcia decidiram ir atrás de Paulo na cidade de Campo da Felicidade.Acompanhados de Mariana,ex de Paulo,revistaram toda a casa do suspeito. Lá encontraram a casa revirada. Acharam a arma do crime e vários documentos falsificados. Paulo havia fugido. Era o começo da busca por ele.


Depois desse rápido resumo,vamos finalmente ao tão esperado Capítulo 15!


Capitulo 15
  Estranhando...

Algo dizia que aquele seria um dia muito,mas muito agitado.Alice acordou bem cedo e bem disposta,pois ela sabia como o dia seria corrido.Tomou um bom banho e um bom café da manhã.Depois se arrumou rapidinho para ir à escola.
Chegou no ponto de ônibus e por muito pouco,ela conseguiu entrar. Li encontrou Mel e Marcos conversando:
- Oi pombinhos!! Tudo bem?
- Tudo Li!!E você?
- Tudo bem!!Ufa,ainda bem que eu consegui pegar esse ônibus.
- Nossa, amiga. Que horas você saiu de casa?
- 6:25
- Bem tarde!!
Todos desceram do ônibus.
A primeira aula do dia foi de História com o professor Mário.Ele era o professor polêmico da classe. Já levou tantos,mas tantos processos de pais de alunos que daria pra encher uma sala só deles. Ele chamou seus alunos de tanta coisa: praga,barata tonta,morador de esgoto...
Nossa!!Ele humilhava mesmo os que mexiam com ele. Nem Júnior se atrevia a atormentá-lo.Era o mais odiado dos professores:
- Bom Dia.
- Bom Dia.
- Hoje vou ensinar a vocês o que foi a Guerra dos Emboabas. A Guerra dos Emboabas foi um acontecimento que ocorreu no estado de Minas Gerais, mais precisamente em Caeté, região metropolitana de Belo Horizonte. Foi uma guerra... - e falava muito. E não era interrompido por quase ninguém, a não ser por algum funcionário ou a diretora da escola. No final ele disse:
- Espero que vocês tenham se preparado,pois logo,logo,vai ter trabalho valendo 20 pontos sobre o assunto em trio.
Os alunos ficaram meio preocupados: os trabalhos dados por Mário eram bem difíceis.Mas pelo menos,ele não seria individual.E também os alunos tem mais com o que se preocupar: prova de Ciências nos dois últimos horários.
O sinal tocou e era aula de Geografia com a professora Clarissa. Muito gentil e querida.Ninguém sabia,mas Alexandre queria algo com ela.Já Clarissa apenas quer ser amiga dele.Ela estava mesmo interessada em Carlos,que apesar de ser atrapalhado,é lindo.Ensinava sua matéria de muitas maneiras: jogos,dinâmicas,atividades,textos,desenhos..E os alunos,é claro,amavam suas aulas:
- Bom Dia pessoal!!
- Bom Dia!!!
- Hoje nós vamos fazer uma produção de texto sobre o aquecimento global.
Os alunos fizeram os textos e entregaram para a professora no 3º horário. Quando tocou o sinal:
- Uhuuuu! Vamos pra cantina! – disse Júnior todo animado.
O castigo havia terminado para eles. E todos saíram correndo das salas. Durante o recreio, uma menina chamada Roberta, abraçou Marcos de uma maneira muito,digamos, estranha. Não preciso nem dizer que Mel ficou com ciúmes:
- Alice, olha ali... O que é aquilo?
- É o Marcos conversando com a Roberta. Iiih, já vi que você não gostou nada disso, não é?- falou Alice com cara de vidente.
- Já vi que você me conhece mesmo, amiga. Ai, agora fiquei preocupada: será que ele não gosta mais de mim e quer ficar com ela? – disse Mel, preocupada.
- Ah, para de besteira! Não deve ser nada além de amizade...
- Aham, sei. Não confio nem um pouco nessa menina.
- Ai,ai,ai. Desse jeito o seu romance vai para o espaço!
Mas as duas não esperavam o que estava por vir. Roberta iria aprontar alguma...

Iiih,o que será que essa menina vai aprontar? Basta conferir os nossos próximos capítulos. Ah,e no próximo post,vou falar sobre a próxima história e também sobre os nossos novos quadros do blog!!
Mil Beijinhos de Glitter para vocês e até a próxima!!


Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário

São proibidas palavras impróprias ou xingamentos.

Sugestões, dúvidas, elogios e críticas construtivas são sempre bem vindos!

Obrigada pelo comentário!