A História da Árvore de Natal

Oii meus amores!!
Desculpem a demora,mas eu estou de volta.
Para começar nossos posts especiais de Natal,vamos falar dela,a árvore de Natal.



A Árvore de Natal
arvore_de_natal

Muitos povos antigos já possuíam o hábito de enfeitar árvores para suas comemorações.E,para eles, os pinheiros representavam esperança e vida. Além de ser uma árvore encantadora,ela nunca perdia suas folhas verdes,mesmo durante um inverno rigoroso.
Civilizações antigas que habitaram os continentes europeu e asiático no terceiro milênio antes de Cristo já consideravam as árvores como um símbolo divino. Eles as cultuavam e realizavam festivais em seu favor. Essas crenças ligavam as árvores a entidades imaginárias, mitológicas. Sua projeção vertical desde as raízes fincadas no solo, marcava a simbólica aliança entre os céus e a mãe terra.
Entre os egípcios, o cedro se associava a Osíris. Os gregos ligavam o loureiro a Apolo, o abeto a Átis, a azinheira a Zeus. Os germânicos colocavam presente para as crianças sob o carvalho sagrado de Odin.
Nas vésperas do solstício de inverno, os povos pagãos da região dos países bálticos cortavam pinheiros, levavam para seus lares e os enfeitavam de forma muito semelhante ao que faz nas atuais árvores de Natal. Essa tradição passou aos povos Germânicos.
No início do século XVIII, o monge beneditino São Bonifácio tentou acabar com essa crença pagã que havia na Turíngia, para onde fora como missionário. Com um machado cortou um pinheiro sagrado que os locais adoravam no alto de um monte. Como teve insucesso na erradicação da crença, decidiu associar o formato triangular do pinheiro à Santíssima Trindade e suas folhas resistentes e perenes à eternidade de Jesus. Nascia aí a Árvore de Natal.
Há outras versões, porém, a moderna árvore de natal teria realmente surgido na Alemanha entre os século XVI e XVIII. Não se sabe exatamente em qual cidade ela tenha surgido. Durante o século XIX a prática foi levada para outros países europeus e para os Estados Unidos. Apenas no século XX essa tradição chegou à América Latina.
Atualmente essa tradição é comum a católicos, protestantes e ortodoxos. Algumas famílias judias da América do Norte adotaram o arbusto do Chanucá (festa judaica comemorada próxima ao natal), numa espécie de sincretismo com a árvore de natal cristã.
Fonte: Wikipédia
Mesmo as famílias mais pobres tinham suas próprias Árvores de Natal. A diferença estava na decoração: As árvores mais simples eram decoradas com frutas,papéis coloridos e alguns doces. Já as árvores de famílias ricas tradicionais eram decoradas com muitos adornos de ouro.
Acredita-se que a tradição tenha se espalhado quando o príncipe britânico Albert montou uma belíssima árvore natalina no Palácio Real Britânico. Na época,muitas das tradições da família real britânicas eram copiadas por outros povos,e assim a Árvore se espalhou pelo mundo.
decoraçao-arvore-de-natal2
Agora,vamos conhecer os significados dos principais enfeites da Árvore de Natal.

 Significado dos enfeites

Anjos: Mensageiros de Deus
Sinos: Grandes Acontecimentos
Bolinhas Coloridas: Bons frutos da árvore
Estrela no topo da árvore: Anúncio da vontade de Deus
Pisca-Pisca: Estrelas
Velas: Jesus Cristo, “A Luz do Mundo”




Curiosidades natalinas

* Na Rússia comunista,as árvores de Natal foram proíbidas e substituídas por árvores de Ano Novo.
* O prefeito de uma cidade próxima de Nazaré,em Israel proibiu a montagem de árvores de Natal em locais públicos. A decisão gerou muita polêmica:

NAZARET ILIT, Israel — O prefeito de uma localidade judia na periferia de Nazaré proibiu nesta quarta-feira a montagem de árvores de natal em locais públicos por considerar 'uma provocação' da parte dos árabes.
Nazareth Illit (Alta Nazaré) está localizada ao lado da cidade onde, segundo a Bíblia, Jesus passou a maior parte de sua vida, no norte de Israel. As duas localidades contam com fortes minorias cristãs, apesar da maioria da população de Nazaré Illit ser judia e Nazaré e majoritariamente muçulmana.
"O pedido dos árabes de colocar árvores de Natal nas praças do bairro árabe de Nazaré Illit é uma provocação", declarou à AFP o prefeito Shimon Gapso. "Nazaré Illit é uma cidade judia e isso não acontecerá, nem este ano, nem no próximo, enquanto eu for prefeito", decretou.
"Nazaré fica aqui ao lado e podem fazer isso lá", acrescentou.
Estas declarações aborreceram os árabes cristãos da cidade. "Este racismo que rejeita as árvores não é nada comparado com o racismo real que sofremos aqui", denunciou Aziz Dahdal, morador da localidade.
"Explicamos que decorar uma árvore é apenas uma maneira de compartilhar da alegria e felicidade com os outros habitantes da cidade. As pessoas aqui vivem em harmonia, judeus, cristão, muçulmanos, mas quando um prefeito faz isso, não resolve as coisas", lamentou Shukri Awawdeh, vereador e árabe muçulmano.

Fonte: http://www.google.com/hostednews/

* A guirlanda é uma antiga tradição e se assemelha às coroas de louro usadas por ricos,nobres,campeôes de torneios e até alguns deuses gregos. Ela representa a esperança de uma nova vida.

Bem,espero que tenham gostado do post. Volto logo com mais posts especiais.

Promoção I Love Mary Jane - Concorra a Produtos Mary Jane. [saiba como]: "Para participar é fácil, preencha o cadastro e ganhe um cupom para concorrer. Indique suas amigas e aumente suas chances."
Beijinhos de Glitter Natalino…



Share this:

JOIN CONVERSATION

1 comentários:

  1. Gosttei muiiiito do blog muito lindo meu lay tambem é do EP o post também tá ottimo!!

    beiijocas :**

    ResponderExcluir

São proibidas palavras impróprias ou xingamentos.

Sugestões, dúvidas, elogios e críticas construtivas são sempre bem vindos!

Obrigada pelo comentário!